Search

Acusado da morte de taxista se entrega à Polícia

img_4836_foto_1.jpg

Nesta quinta-feira (10), Jonatas Barbosa Soares, natural de Tapes, se entregou espontaneamente no Departamento de Polícia Civil de Tapes. Ele é acusado da morte do taxista Hervandil Gomes Garcia, mais conhecido por “Vando”, e estava foragido da justiça.

O crime aconteceu no final de junho deste ano. Hervandil, que tinha 66 anos de idade, era morador de Tapes. Os outros dois acusados, Maicon Silva da Rosa e Diogo Welisson da Silva, já haviam sido presos.

O primeiro foi localizado em uma “Boca de Fumo”, em Guaíba. O segundo meliante foi preso após roubar um veículo. Maicon era natural de Guaíba, enquanto Diogo residia no interior de Sentinela do Sul. Os três são acusados de latrocínio, ou seja, roubo precedido de morte.