Search
Preocupação

Camaquã realizará força-tarefa contra a dengue

Município já confirmou três focos do mosquito em 2024
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Somente neste ano de 2024, três focos do mosquito Aedes Aegypt foram encontrados pelas equipes especializadas da prefeitura no município de Camaquã. O Brasil já registrou 151 mortes pela doença neste ano, segundo dado divulgado pelo Ministério da Saúde nesta quinta-feira (22).

Até agora, o país soma 740.942 casos prováveis da doença, com incidência de 364,9 casos por 100 mil habitantes. Nesta sexta-feira (23) O Centro Estadual de Vigilância em Saúde (Cevs), vinculado à Secretaria da Saúde, confirmou nesta sexta-feira (23) o sétimo óbito por dengue no Rio Grande do Sul em 2024.

O óbito confirmado é de um homem de 76 anos, com comorbidades, residente em Lajeado. O óbito ocorreu no dia 21/02/2024. O município apresenta uma incidência de 185,5 casos prováveis de dengue para cada 100 mil habitantes.

Em virtude do agravamento de casos no estado, o município de Camaquã planeja realizar uma força-tarefa, envolvendo todos as secretarias municipais. A ideia é que a ação ocorra em um final de semana, para ser possível o diálogo com a comunidade sobre o tema e também vistorias nos imóveis.

“Não podemos marcar bobeira nessa. Então não deixe água parada em locais como pneus, brinquedos, potes e vasos”, disse o comunicado emitido pela prefeitura.

Ainda não há uma data marcada para que tais ações sejam realizadas em Camaquã. Nas últimas semanas foram encontrados três focos do mosquito, sendo dois no bairro Carvalho Bastos e um na Vila São Carlos.

Tags: Camaquã, Cidades, Costa Doce, dengue, Região