Search

Casal é encontrado morto em Cerro Grande do Sul

img_15768_foto_1.jpg

Um casal foi encontrado morto na manhã desta quarta-feira (2) em uma residência onde moravam, na localidade de Garambel, no interior de Cerro Grande do Sul. A Polícia Civil suspeita que o homem, Prudêncio de Almeida Padilha, de 41 anos, tenha matado a mulher, Renata Sandra Trescastro Almeida, de 30 anos, e depois cometido suicídio, ainda na noite de terça-feira (1).

Em entrevista ao site G1, a delegada Karoline Calegari, que investiga o caso, Padilha teria enviado uma mensagem a uma terceira pessoa confessando o crime. A vítima, no entanto, não havia registrado nenhuma queixa contra o companheiro.

“A gente suspeita de um feminicídio seguido de suicídio, mas estamos fazendo diligências para confirmar nossas hipóteses”, diz a delegada ao G1. Ainda conforme a delegada, ainda não é possível determinar como a mulher foi morta, mas a polícia desconfia que o homem tenha estrangulado a vítima antes de se enforcar.

Conforme apurou o Jornal Regional, o corpo do homem foi encontrado enforcado em um galpão próximo a casa. Ainda conforme o veículo, a filha de Renata, de oito anos, dormia em um dos cômodos da casa. O Conselho Tutelar foi acionado e retirou a criança do local. As motivações para o crime ainda são desconhecidas.