Search
Dia de ir nas urnas

Conselho Tutelar: eleições ocorrem no próximo domingo (01)

Saiba quem são os candidatos que concorrem ao cargo em Camaquã
Fotos: Divulgação
Fotos: Divulgação

No dia primeiro de outubro, acontecem as eleições para o Conselho Tutelar em todo o Brasil. Os eleitos terão a responsabilidade de estarem a frente de seus cargos pelo período de quatro anos.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui! 

As eleições unificadas para o cargo de conselheiro e conselheira tutelar serão realizadas das 8h às 17h, em todos os municípios brasileiros.

As eleições em Camaquã acontecerão somente na Secretaria Especial da Mulher, do Trabalho e Desenvolvimento Social. É necessário levar o título de eleitor e um documento com foto.

Saiba quem são os candidatos ao Conselho Tutelar de Camaquã:

10 – Solaine Barros

11 – Andrea Alves

12 – Cristiane Dombrowski

13 –  Jussara Figueredo

14 – Marta Pereira da Silva

15 – Viviane Quevedo

16 – Eliandra de Medeiros

17 – Marinete Martins

18 – Jean Alves

19 – Lucimar Martins

O que faz um conselheiro tutelar?

É papel dos conselheiros tutelares agir em defesa dos direitos da criança e do adolescente em situações de risco e vulnerabilidade, por negligência, discriminação, exploração, violência, crueldade e opressão – ou ainda quando os direitos forem ameaçados pela sua própria conduta –, adotando medidas de proteção mais adequadas em cada caso.

Quem pode votar para o Conselho Tutelar?

Qualquer pessoa com título de eleitor regularizado pode votar. O voto é facultativo, mas o processo de escolha é uma oportunidade para que a sociedade defina seus representantes na missão de garantir os direitos da criança e do adolescente.

Importante: para exercer o voto consciente, é fundamental se informar sobre as qualificações e idoneidade dos candidatos.

Quem são os candidatos ao Conselho Tutelar?

Os candidatos a conselheiro tutelar são pessoas que residem na comunidade, com ensino médio completo, idoneidade reconhecida e idade superior a 21 anos. Também devem ter experiência de trabalho e engajamento social na defesa dos direitos humanos e na proteção à vida de crianças e adolescentes, no zelo pelas garantias constitucionais e pelo cumprimento dos direitos da criança e do adolescente.

Tags: Camaquã, Cidades, Costa Doce, Região