Search
Camaquã
21°C
Camaquã
21°C
Segurança

“Cuidem celulares e carteiras, a multidão, facilita para a ocorrência de furtos”, orienta Capitão Lima para veranistas

Em entrevista, militares detalharam as ações da Operação Verão na Costa Doce
Foto: Bruno Bonilha/Acústica FM
Foto: Bruno Bonilha/Acústica FM

Na última semana a Brigada Militar (BM) realizou o recebimento do efetivo que atuará na 54ª edição da Operação Golfinho. A ação foi lançada em conjunto com a Operação RS Verão Total e se estende até o dia 26 de fevereiro de 2024. Na manhã desta sexta-feira (29), o Major Pagliarini e o Capitão Lima em entrevista para Acústica FM detalharam as ações que ocorrerão no litoral da Costa Doce.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

Os militares destacam que neste período são recorrentes os casos de perturbação do silêncio nas áreas de praia, ocasionando transtornos para famílias com crianças e idosos. Moradores ou turistas, reportam as situações para a Brigada Militar que encaminha o caso para o sistema judiciário:

“O que nos foi passado, é que nesta Comarca que pega Camaquã e Arambaré precisa da representação da vítima nos casos de perturbação”, diz Lima.

O Major Pagliarini ressalta que neste período de festas de final ano, a população deve ter cautela para prevenir a ocorrência de furtos:

“Orientamos que deixem bens materiais dentro de veículos, pois delinquentes podem quebrar os vidros, isso é recorrente”, afirma.

“Cuidar bolsas, celulares e carteiras, na multidão no momento de queima de fogos, facilita para os delinquentes realizarem furtos. É melhor ir com o mínimo de bens materiais possíveis”, diz Lima.

Cerca de 1.100 policiais devem atuar no reforço ao efetivo já existente em todas as praias e balneários do litoral gaúcho. Durante todo o verão, a BM realizará ações de policiamento ostensivo, preventivo e repressivo, além de interações com a comunidade. Em caso de emergência, a BM atende pelo contato 190.

Confira a entrevista na íntegra.

Tags: Brigada Militar, operaçãogolfinho