Search
Camaquã
26°C
Camaquã
27°C
Portugal

Marcelo Rebelo formaliza demissão do Governo de Portugal

Demissão ocorre um mês após o primeiro-ministro solicitar desligamento
Foto: Divulgação/Agência Senado
Foto: Divulgação/Agência Senado

O Presidente da República de Portugal, António Costa, pediu oficialmente demissão do governo na última quinta-feira (07). Em nota, publicada na página oficial da Presidência da República, Marcelo Rebelo de Sousa declara que “decretou, nos termos da Constituição, a demissão do Governo, com efeitos a partir de 08 de dezembro”.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

Após garantir que não voltaria a abordar a polêmica relacionada com o tratamento das gêmeas luso-brasileiras no Hospital de Santa Maria, Marcelo Rebelo de Sousa aproveitou ainda a noite de quinta-feira para lançar uma segunda mensagem no site oficial da Presidência.

Neste comunicado o gestor “reafirma que não teve conhecimento de quaisquer diligências junto do Ministério da Saúde no caso das gêmeas luso-brasileiras, após o envio do dossiê para o Gabinete do Primeiro-Ministro a 31 de outubro de 2019”.

Está demissão acontece um mês após o primeiro-ministro, António Costa, ter apresentado a sua demissão ao Presidente da República, no dia 07 de novembro, que a aceitou e decidiu dissolver o parlamento. Com isto, as eleições legislativas foram antecipadas para o dia 10 de março.

Em declaração para a imprensa, o presidente destacou que António Costa continuará como primeiro-ministro por vários meses e reiterou que os dois vão manter reuniões.

Tags: Governo, Mundo, portugal