Search
Camaquã
21°C
Camaquã
21°C
Arambaré

Moradores de Arambaré relatam problemas na coleta de lixo

Prefeitura diz que empresa responsável aponta a alta demanda gerada pelas festas, como motivo do atraso
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Após a passagem das festas de Ano Novo, os moradores de Arambaré reclamam da atuação do sistema de coleta de lixo. Nesta quinta-feira (04), a Rádio Acústica recebeu de imagens de ouvinte afirmando não haver a coleta de resíduos no bairro Caramuru.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

Em relato, um morador do bairro Caramuru diz que o último dia que o caminhão da coleta de resíduos passou na região foi no dia 31 de dezembro:

“Andei por outros bairros, percebi acúmulo de lixo nas ruas também, mesma situação do Caramuru, porém às ruas do Centro se encontram em condições melhor, não há acúmulo de lixo na rua, nem nos contêineres, assim como também não há acúmulo de lixo”, destaca o residente.

A redação da Rádio Acústica FM entrou em contato com a Prefeitura Municipal de Arambaré o obteve resposta através do prefeito Jardel Cardoso:

“A princípio está normal, só que na virada do dia 31 de dezembro, foram 30 toneladas, não tem como dar conta mesmo com 3 caminhões, é uma cidade de 4.200 habitantes, que recebeu 65 mil pessoas, mas a cidade e o bairro hoje estão todos limpos”, diz o chefe do executivo.

Confira abaixo uma nota da empresa responsável pelo recolhimento de resíduos no município.

Informamos que as atividades de coleta de resíduos seguem em curso, reforçadas com um veículo adicional. Devido à alta demanda pelo feriado de Ano Novo, a empresa segue atendendo pelo que foi contratada porém a quantidade de resíduos foi superior ao tem projetado mesmo assim disponibilizamos mais um veiculo para atender a esta demanda. Desde sábado, já coletamos mais de 40 toneladas de resíduos. Estamos empenhados em normalizar a situação o mais rápido possível.  Pedimos desculpa, mas seguimos trabalhado para normalizar essa situação.

Agradecemos pela compreensão.