Search

Morte do tradicionalista Barbosa Lessa completa 20 anos nesta sexta-feira (11)

Foto: Divulgacao
Foto: Divulgacao

Há 20 anos, em 11 de março de 2002, Camaquã e os gaúchos se
despediam de uma das personalidades mais brilhantes do Rio Grande do Sul, o
escritor, folclorista e músico, Luiz Carlos Barbosa Lessa.

– Siga a Acústica no Google notícias tocando aqui

Em sua trajetória no cultivo às tradições e costumes
gaúchos, Barbosa Lessa nos deixou um legado que parte da criação do CTG 35, perpassa
letras musicais e culmina na publicação de diversos livros abordando os
costumes gaúchos, tendo sua obra “Os Guaxos” sido premiada em 1959 pela
Academia Brasileira de Letras.

Barbosa Lessa dentre suas tantas contribuições para o
tradicionalismo gaúcho, também foi o criador do Hino tradicionalista onde,
homenageia os hábitos e costumes que construíram a identidade do povo gaúcho.

– Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

Neste ano, para homenagear a memória e o legado de Luiz
Carlos Barbosa Lessa, a Secretaria do Desenvolvimento, Inovação, Cultura e
Turismo, está reformulando e organizando o Novo Memorial Barbosa Lessa, (sem
data para inauguração), como forma de prestar mais uma homenagem a este grande
vulto da História Gaúcha. O memorial contará com a reprodução da sala, da
cozinha e do quarto de Barbosa Lessa, que decoravam a sua casa no Sítio Água
Grande, sua residência aqui no município de Camaquã.

Clique aqui e assista aos nossos conteúdos exclusivos no YouTube

A prefeitura de Camaquã divulgou homenagem ao
tradicionalista:

“O Governo Municipal manifesta a sua gratidão e admiração
pela grandiloquente herança deixada nos mais diversos meios artísticos por este
cidadão piratinense que adotou Camaquã como sua cidade do coração.”

Texto: Tarso Ribeiro/Ascom/Prefeitura