Search
Paralisação no estado

Policiais civis iniciam paralisação nesta terça-feira (08)

Saiba como ocorrerá a mobilização que deve durar 48 horas
Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

Policiais civis do Rio Grande do Sul planejam realizar uma paralisação de suas atividades, iniciando nesta terça-feira (08) e se estendendo até a quarta-feira (09). O objetivo é pressionar o governo estadual para a pauta de reivindicações.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui! 

A expectativa é de que nestes dois dias, não haja circulação de viaturas da Polícia Civil pela cidade e de que os policiais permaneçam em frente aos prédios das delegacias.

A orientação é de que não haja cumprimento de mandados de busca e apreensão, mandados de prisão, operações policiais, serviço cartorário, entrega de intimações, oitivas, remessa de IPs ao Poder Judiciário e demais procedimentos de polícia judiciária.

Em Porto Alegre, a concentração ocorre em frente ao Palácio da Polícia.

Em reunião realizada no mês de julho, o Conselho de Representantes da UGEIRM sindicato decidiu realizar uma paralisação de 48 horas, nos dias 8 e 9 de agosto.

Após uma avaliação das recentes mobilizações da categoria e negociações com o governo, os integrantes do Conselho chegaram à conclusão que a melhor alternativa para sensibilizar o governo a abrir uma negociação efetiva com os Policiais Civis, seria o aprofundamento da mobilização, com uma paralisação de 48 horas.

O Conselho de Representantes também deliberou que a Direção da UGEIRM procure as demais entidades da Polícia Civil, convidando-as a participar da paralisação e das atividades de rua, conferindo à mobilização um caráter de unidade de toda a Polícia Civil.

 

Tags: Cidades, Criminalidade, Polícia, Região, Rio Grande do Sul, Violência