Search
Camaquã
27°C
Camaquã
27°C
Segurança Pública

“Quando o governo vai deixar de ser ingrato?”, questiona Delegado em entrevista na Acústica

Categoria informou que não passará informações para a imprensa por tempo indeterminado
Foto: Geovana Jacobsen/Acústica FM
Foto: Geovana Jacobsen/Acústica FM

Na manhã desta quinta-feira (21), o Delegado Vladimir Urach, responsável pela 29ª Delegacia de Polícia Regional, informou que a instituição deixa novamente de fornecer informações para a imprensa por tempo indeterminado. O mesmo anuncio já havia sido feito em meados do mês de novembro, mas após diálogos entre a entidade, o fornecimento de informações foi retomado.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

A Associação dos Delegados de Polícia do Rio Grande do Sul (Asdep) decidiu interromper a divulgação de informações sobre operações policiais e número de prisões em um ato de protesto. A motivação para essa decisão é a insatisfação dos associados em relação à falta de diálogo por parte do governador Eduardo Leite, que segundo a associação, frequentemente anuncia publicamente os resultados da segurança pública, mas não recebe a categoria para discutir o reajuste salarial.

Durante o programa Jornal da Acústica, o repórter Airton Lemos dialogou ao vivo com o presidente da Associação dos Delegados de Polícia do estado, delegado Guilherme Vondracek, sobre o tema. O policial fez críticas ao governo do estado, por não manter um diálogo com a categoria e assim não valorizar o trabalho da Polícia Civil gaúcha, que tem conquistado uma diminuição dos índices de criminalidade no estado.

Segundo ele, não serão repassados detalhes de fatos, ações e operações ocorridas no Rio Grande do Sul, até que o governo do Estado receba a associação para dialogar sobre reposição salarial.

Acompanhe na íntegra a entrevista:

Tags: Cidades, Costa Doce, Polícia, Região, Rio Grande do Sul