Search

Secretária explica critérios de transporte de pacientes para Porto Alegre

img_4969_foto_1.jpg

Em entrevista ao Programa “Primeira Hora”, na manhã desta segunda-feira (21), por volta das 9h, a Secretária Municipal do Trabalho e Desenvolvimento Social, Josiane Alencastro Longaray, debateu sobre o transporte de pacientes e usuários para o sistema de saúde.

Segundo a secretária, há uma demanda grande dos municípios para levar pacientes a Porto Alegre para consultas e tratamentos de saúde. “Ao longo do tempo, Camaquã vem transportando os usuários para realizar os procedimentos de saúde para a capital, e quanto mais veículos nós dispusermos, mais pessoas teremos para levar”, explicou Josiane.

De acordo com a secretária, o orçamento não aguentou mais, pois além do combustível, há a despesa com manutenção dos automóveis e hora extra de funcionários. “A secretaria estava dispondo de oito carros para o transporte, que hoje não estão mais disponíveis, porém temos micro ônibus e ônibus que atendem cerca de 150 pessoas por dia”, enfatizou Josiane.

Ela explicou que o transporte é oferecido para as pessoas que não conseguem ir por conta própria realizar os exames e tratamentos por falta de condições financeiras. Segundo Josiane, tornou-se um hábito as pessoas que podem se deslocar por conta própria a Porto Alegre, querem ir através da prefeitura.

“Estamos fazendo uma triagem, para beneficiar as pessoas mais vulneráveis”, salientou. Ela explicou que para a marcação para o transporte, é preciso ter o documento com o pedido e constar no receituário que o paciente necessita de acompanhante.

A secretária enfatizou que, em casos excepcionais, a secretaria terá que levar os pacientes de carro, caso o tratamento médico obrigue, e se após a triagem, seja detectado a falta de condições financeiras do paciente.

Sobre as vagas no transporte para pessoas com convênio de saúde, a secretária esclareceu ser possível, caso sobre vaga, pois a prioridade é para as pessoas que utilizam o Sistema único de Saúde (SUS).

A secretaria fica localizada na Rua João de Oliveira, 55. O contato pode ser feito pelos telefones: (51) 3671-2747 3671-5463.