Search
Agro

Tecnologia sulco-camalhão é destaque na programação da Abertura da Colheita do Arroz

Evento inicia nesta quarta-feira em Capão do Leão
Foto: Paulo Lanzetta / Embrapa
Foto: Paulo Lanzetta / Embrapa

Uma das tecnologias em destaque na 34ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e Grãos em Terras Baixas é o uso do sistema sulco-camalhão. A tecnologia possibilita a diversificação de culturas em terras baixas – especialmente soja e milho em rotação com o arroz – ao auxiliar na drenagem e irrigação do solo nas áreas de várzea. O estudo desenvolvido há mais de cinco anos vem animando produtores em diferentes regiões do Estado gaúcho, inclusive, possibilitando a realização de duas safras ao longo do ano, sendo foco de atenção no programa Duas Safras, uma iniciativa do Governo do RS, Farsul e inúmeros parceiros.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

Durante a 34ª edição da Abertura da Colheita, a tecnologia será demonstrada em lavouras experimentais, inclusive na lavoura de soja da cultivar BRS 5804 da Embrapa, que divide também a lavoura com a cultivar de soja da Basf, e estas duas compartilham o espaço com a lavoura de arroz irrigado a ser colhida oficialmente, a lavoura Breno Prates. Nesta área será possível visualizar, segundo o pesquisador José Maria Barbat Parfitt, responsável pela tecnologia, o uso do processo de suavização do solo, a estruturação da lavoura para a irrigação por sulcos e a obtenção, ao mesmo tempo, do grande benefício em drenagem.

“Mesmo em ano de enfrentamento do El Niño, com chuvas intensas no período da Primavera, enfrentamos momentos de seca nas lavouras, demonstrando que a tecnologia é muito importante para as ocorrências de estresse hídrico, embora ainda não tenhamos os dados suficientes para avaliar a safra 2023/24”, disse.

Mesmo sem os dados oficiais, ele considera uma tecnologia diferenciada, onde há muitos produtores que não a conhecem e os resultados de safras anteriores são animadores.

“A tecnologia possui resultados positivos ao obter 30 sacas de soja por hectare, e ainda, mais do que dobrar a produção da cultura de milho como tem ocorrido ao longo desses anos”, disse.

No primeiro dia do evento, 21 de fevereiro, às 14h, os produtores poderão conhecer os avanços e as experiências com a tecnologia, contados pelos próprios produtores, no estande institucional da Embrapa, na avenida principal da Abertura da Colheita. Nesta oportunidade será possível acompanhar os avanços da tecnologia experimentados pela Condado Soluções Agrícolas e pela Pipe BR. O produtor rural Daniel Hoerbe, de Cachoeira do Sul, apresentará os dados de produção da sua propriedade.

A 34ª Abertura Oficial da Colheita do Arroz e Grãos em Terras Baixas, acontece entre os dias 21 e 23 de fevereiro, na Estação Experimental Terras Baixas, em Capão do Leão, numa promoção conjunta entre a Federarroz, Embrapa, Senar/RS e Irga.

Fonte: Embrapa Clima Temperado

Tags: Agro, arroz, Rio Grande do Sul