Search
Saúde

Teste do bracinho pode ser obrigatório no RS

Objetivo da proposta é garantir o diagnóstico precoce e a prevenção da hipertensão arterial, doenças cardíacas, renais e em retina
Teste do bracinho poderá ser obrigatório no RS
Teste do bracinho poderá ser obrigatório no RS. Foto: Divulgação | Aljr

O Projeto de Lei N° 238/23, de autoria do deputado Gustavo Victorino que institui a obrigatoriedade do teste do bracinho nas consultas pediátricas, em crianças a partir de três anos de idade, atendidas pela rede pública e privada de saúde no estado do Rio Grande do Sul, foi aprovado por unanimidade nesta terça-feira (12).

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp tocando aqui!

O objetivo da proposta é garantir, por meio da aferição arterial e da frequência cardíaca, o diagnóstico precoce e a prevenção da hipertensão arterial, doenças cardíacas, renais e em retina.

Considerada pela Organização Mundial de Saúde (OMS) um problema de saúde pública global, a hipertensão arterial acomete mais de 26% dos brasileiros e a prevalência na população pediátrica pode chegar a 15%.

De acordo com o projeto, a criança que apresentar alterações da pressão arterial, deverá ser encaminhada a um atendimento especializado para a realização de exames complementares.

Ao defender a matéria, na Tribuna, o deputado Gustavo Victorino enfatizou: “Um teste simples pode salvar muitas vidas já que a incidência de cardiopatia em crianças até dez anos é muito significativo”.

A proposta segue agora para sanção do governador.

Tags: Política, RS, Saúde, teste do bracinho