Search
Camaquã
14°C
Camaquã
14°C
Saúde

Reajuste do Teto MAC possibilitará ao HNSA a chance de fechar as contas de 2024 zeradas, diz presidente

Otávio Morais destaca que a união entre poderes públicos, saúde e município possibilitaram concretização deste projeto
Foto: Bruno Bonilha/Acústica FM
Foto: Bruno Bonilha/Acústica FM

O Ministério da Saúde confirmou o aumento no teto MAC (atendimento de média e alta complexidade) de R$ 705 mil ao Hospital Nossa Senhora Aparecida (HNSA) de Camaquã. O anúncio foi realizado pelo presidente, Otávio Morais, através das redes sociais da entidade na tarde desta sexta-feira (26). Em entrevista para a Acústica FM neste sábado (27), o gestor, junto aos diretores, Cleber Dorneles e Abílio Machado, destacaram a importância do reajuste.

Receba todas as notícias da Acústica no seu WhatsApp clicando aqui!

Conforme o presidente, esse valor representa uma diminuição da dependência do HNSA sobre as emendas parlamentares:

“Se tudo ocorrer na naturalidade, com esse a incremento a gente pode zerar e terminar o 2024”, diz Morais.

Através do deputado Alexandre Lindenmeyer (PT), houve uma reunião técnica com o Ministério da Saúde, onde foi firmado um projeto defendendo a importância do HNSA, como unidade estratégica no setor de saúde na Costa Doce. Ele destaca que a união entre a entidade, o Grupo Hospitalar Conceição, o executivo municipal e o Governo Federal e firmaram a possibilidade deste aumento.

O reajuste já foi publicado no Diário Oficial da União, com isto oficializando um incremento nos recursos para a saúde de Camaquã e os municípios assistidos pelo hospital.

Confira a entrevista na íntegra.

Tags: hnsa, Hospital, Saúde